Solicitado por Flávia Morais comissões discutem inclusão do teste de ponta de dedo no protocolo de emergência das unidades de saúde

Solicitado por Flávia Morais comissões discutem inclusão do teste de ponta de dedo no protocolo de emergência das unidades de saúde

As comissões dos Direitos da Pessoa Idosa; e de Seguridade Social e Família da Câmara discutem, a pedido da deputada Flávia Morais (PDT-GO), a inclusão do teste de ponta de dedo no protocolo de urgência e emergência das unidades de saúde, com foco em idosos e crianças. A audiência será nesta quarta-feira (7), às 15h, Plenário 12.

O teste de ponta e dedo é usado para avaliação dos níveis de glicose no sangue e contribui para o diagnóstico e acompanhamento clínico de pessoas com diabetes.

Flávia Morais alerta que o diabetes se tornou um sério problema de saúde pública. Segundo ela, números divulgados pela Federação Internacional de Diabetes mostram que mais de 16 milhões de adultos no País são afetados pela doença.

De acordo com a deputada, os dados também mostram que, no Brasil, o gasto com saúde relacionado ao diabetes atingiu 42,9 bilhões de dólares em 2021, o terceiro maior do mundo; quase 18 milhões de adultos apresentam alto risco de desenvolver diabetes tipo 2; e 46% das pessoas entre 20 e 79 anos vivem com a doença e desconhecem o diagnóstico.

“Com a inclusão do teste de ponta de dedo, a expectativa é ampliar os diagnósticos precoces, reduzindo os riscos de complicações destes pacientes e, por consequência, reduzindo o impacto do Sistema Único de Saúde por internações e hospitalizações, desonerando assim, seus custos”, diz Flávia Morais.

Confira a lista completa de convidados.

Ascom Lid./PDT Fonte: Agência Câmara de Notícias