Subtenente Gonzaga se reúne com Ministro da Defesa

Subtenente Gonzaga se reúne com Ministro da Defesa

Min_Defesa

O deputado Subtenente Gonzaga (PDT-MG) se reuniu nesta quarta-feira (24) com o Ministro da Defesa, General Fernando, para tratar sobre o Sistema Previdenciário dos Policiais e Bombeiros Militares. Ele quer que o sistema destas categorias continue sendo tratado em lei específica da União, Estados e territórios, e, em simetria com as Forças Armadas

Para o Subtenente Gonzaga, não há espaço para negociar esses termos, que foram conquistados na reforma da previdência do Governo FHC, mantidos no Governo Lula, e já estava assegurado na reforma do Governo Temer. “Eu continuo defendendo o direito ao regime próprio de previdência dos Militares, com unidade gestora própria”.

Segundo o deputado, a crise financeira e econômica não foi causada pelos militares e servidores. “Compreendo a previdência como instrumento de justiça social e, nesse momento, o que se pretende é a transferência dos trabalhadores para o mercado financeiro e para as grandes empresas. Não vamos permitir. Vamos resistir, disse”.

Para o deputado, a responsabilidade das forças armadas e dos Militares Estaduais na garantia da lei e da ordem, da soberania nacional, da governabilidade e da segurança pública, definidas na constituição, não permite ao Estado prescindir de dar as garantias mínimas de dignidade para seus integrantes”.

O parlamentar reafirmou o compromisso, na próxima legislatura, com os trabalhadores de todas as classes e votar contra a reforma da previdência. “Essa reforma é desumana, por isso, temos que combatê-la sem tréguas”, finaliza.

Participaram também do encontro os coronéis Osvaldo, da Polícia Militar de Minas Gerais, e Tibúrcio, do Corpo de Bombeiros Militar; o Tenente Coronel Lázaro, representante da PMMG em Brasília, e o Major Bráulio, do Corpo de Bombeiros Militar de Goiás.

Ascom Lid./PDT com assessoria do deputado