Seguridade Social discute efeitos de jogos violentos sobre jovens

Seguridade Social discute efeitos de jogos violentos sobre jovens

Comissão de Seguridade Social e Família debate nesta terça-feira (2), a pedido da deputada Flávia Morais (PDT-GO), os efeitos que os jogos de computador e videogames violentos podem causar sobre jovens. A autora argumenta que a discussão é importante, principalmente devido ao crescimento da “cultura da violência”, seja pelo incentivo ao uso de armas ou pelas ações disseminadas por meio de jogos violentos de computador e videogames.

Como exemplo de comportamentos que podem ser incentivados por essa “cultura”, a deputada lembra o massacre na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, em março deste ano. Nesse episódio, dois jovens mataram dez pessoas e teriam se suicidado depois.

Convidados
– professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e autor do livro Videogame e Violência, Salah H. Khaled Júnior;
– representante do Conselho Federal de Psicologia;
– representante da Associação Psiquiátrica de Brasília;
– representante do Conselho Federal de Educadores e Pedagogos.

Audiência interativa. Participe com perguntas ou apoie outra já feita. As perguntas mais votadas serão encaminhadas à Mesa para serem respondidas.

Ascom Lid./PDT