PDT se posiciona sobre tramitação de urgência do PL da Grilagem

PDT se posiciona sobre tramitação de urgência do PL da Grilagem

Seguindo suas bandeiras históricas, partido quer derrotar pauta com celeridade

 O Partido Democrático Trabalhista vem, através desta Nota Oficial, se posicionar sobre a tramitação de urgência em relação ao Projeto de Lei  2.633/2020 (Substituto da MPV 910/2019), mais conhecido como PL da Grilagem.

– Importante ressaltar que a posição assumida pela Bancada Federal do PDT em 13 de julho foi, apenas, para aprovar a URGÊNCIA a da matéria apresentada;

– Relembramos que, em maio de 2020, a Medida Provisória do Governo (MPV 910/2109) – marco inicial da discussão – foi retirada da pauta do Congresso Nacional com apoio incondicional da Bancada Federal do PDT, garantindo, naquele momento,  derrota ao Governo.

– O PDT, nos seus 42 anos de fundação, sempre combateu, ao lado dos povos das Florestas, o Meio Ambiente e a diversidade natural do país, não apenas no parlamento, mais principalmente como bandeira histórica enquanto partido. Elegemos o primeiro cacique Deputado Federal e tivemos ao nosso lado, como signatário da Carta de Lisboa (1979) – documento de fundação do partido, Alfredo Sirkis, um dos maiores ambientalistas do mundo.

Reafirmamos que a medida adotada pela aprovação da urgência na matéria não nos moveu um milímetro sequer da posição adotada em maio de 2020. Afinal, e de fato, o assunto é urgente e precisa ser derrotado o quanto antes.

Nossa Bancada Federal saberá, na hora certa, garantir a derrota necessária ao PL 2.633/2020.

 Carlos Lupi – Presidente Nacional do PDT