Comissão externa debate denúncias de irregularidades em concessionária de rodovia no Espírito Santo

Comissão externa debate denúncias de irregularidades em concessionária de rodovia no Espírito Santo

A comissão externa que fiscaliza a concessionária responsável pela BR 101, no Espírito Santo, a ECO 101, realiza audiência pública nesta terça-feira (6) para discutir denúncias de irregularidades na prestação dos serviços. De acordo com o deputado Sérgio Vidigal (PDT-ES), que sugeriu o debate, a operação “Infinita Highway”, da Polícia Federal, apura possíveis crimes de estelionato qualificado, associação criminosa e corrupção, e, também, contra o sistema financeiro.

Ainda conforme o parlamentar, com o apoio do Tribunal de Contas da União (TCU), a investigação da PF aponta para arrecadação indevida estimada em R$ 330 milhões com cobrança de pedágio. “Diante da gravidade da denúncia, esta comissão precisa tomar conhecimento imediato do que se passa e das implicações do caso para o andamento dos trabalhos da concessão rodoviária”, afirma Vidigal.

Convidados:
– o procurador da República André Pimentel Filho;
– o diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Leite Valeixo;
– o secretário de Fiscalização de Infraestrutura de Rodovias do TCU, Luiz Fernando Ururahy de Souza;
– o diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Mário Rodrigues Júnior;
– o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seção Espírito Santo, José Carlos Rizk Filho; e
– o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Antônio Leite dos Santos Filho.

A audiência será às 14h30, no plenário 14.