Subtenente Gonzaga vai relatar representação no Conselho de Ética

Subtenente Gonzaga vai relatar representação no Conselho de Ética

O pedetista mineiro, deputado Subtenente Gonzaga, foi designado para relatar a representação contra o deputado Wladimir Costa (SD-PA), acusado de quebra de decoro por ter ofendido o Partido dos Trabalhadores e seus filiados em reunião do Conselho de Ética que recomendou a cassação do deputado afastado Eduardo Cunha.

Wladimir se destacou também nas sessões de votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara, quando estourou um rojão de confetes durante seu discurso alegando que o governo do PT dava “um tiro de morte” no coração do povo brasileiro.

De acordo com o Código de Ética e Decoro Parlamentar, Subtenente Gonzaga tem dez dias úteis contados a partir desta quinta-feira (18/08), para apresentar o parecer pela admissibilidade ou não da representação. O prazo vence em 31 de agosto.

Ascom Lid./PDT