Seguridade aprova projeto de Flávia Morais que obriga clubes a manter profissional para assistir jovens atletas

Seguridade aprova projeto de Flávia Morais que obriga clubes a manter profissional para assistir jovens atletas

A Comissão de Seguridade Social e Família aprovou nesta quarta-feira (3) projeto da deputada Flávia Morais (PDT-GO) que obriga os clubes esportivos a manter, nos alojamentos, profissionais idôneos e capacitados para assistir os jovens atletas em formação (a partir de 16 anos) durante 24 horas (PL 6204/13).

Pelo projeto, o clube que descumprir a regra poderá ter o contrato com o atleta cancelado. Além disso, ficará sujeito à multa de até R$ 50 mil, dobrada em caso de reincidência.

O contrato também poderá ser cancelado se o clube não atender os requisitos de alojamento, alimentação, segurança e higiene adequados. A fiscalização ficará a cargo do Ministério do Trabalho e Emprego.

Flávia Morais ressalta que, no Brasil, é comum pais autorizarem seus filhos a mudar de cidade para tentar a chance em centros de treinamento de clubes de futebol, na maioria das vezes longe do convívio familiar. Diante disso, considera urgente impor aos clubes a obrigação de garantir a assistência e o acompanhamento desses jovens.

Relator do projeto na comissão, o deputado pedetista Sérgio Vidigal (ES) ressalta a importância da medida para a segurança dos jovens atletas ao lembrar da tragédia ocorrida em fevereiro desse ano no Centro de Treinamento do Flamengo. Na ocasião 10 jovens da categoria de base do clube morreram em um incêndio. “Esses clubes, ao abrigar esses jovens, tem uma imensa responsabilidade”, sustenta

Ascom Lid/PDT com Ag. Câmara