Sala da Comissão de Turismos passa a ser chamada de Carlos Eduardo Cadoca

Sala da Comissão de Turismos passa a ser chamada de Carlos Eduardo Cadoca

Câmara dos Deputados aprovou o relatório do deputado Wolney Queiroz (PDT-PE) ao Projeto de Resolução 77/21, que nomeia a sala da Comissão de Turismo o de Carlos Eduardo Cadoca. O ex-deputado faleceu em dezembro de 2020, vítima de complicações da Covid-19.

O líder do PDT na Câmara, Wolney Queiroz destacou a amizade com Cadoca. “Cadoca deixa um legado inestimável para Pernambuco, para o turismo e para a cultura. Nada mais justo do que aprovar esta homenagem na noite de hoje”, disse.

A memória de Carlos Eduardo Cadoca também foi celebrada pelo líder do PCdoB, deputado Renldo Calheiros (PCdoB-PE) e pelo deputado Tadeu Alencar Alencar Alencar, um dos autores da proposta. Os dois destacaram a trajetória do parlamentar e sua atuação em defesa do setor do turismo.

Biografia
Cadoca foi deputado federal por cinco mandatos, entre 1999 e 2018. Nos três primeiros, foi eleito pelo PMDB, partido do qual foi vice-líder na Câmara. Depois, foi eleito pelo PSC e PCdoB. Em 2016, filiou-se ao PDT.

Foi um dos fundadores em Pernambuco do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), de oposição à ditadura. Elegeu-se pela primeira vez como vereador no Recife, em 1982. Foi ainda deputado estadual; secretário municipal e estadual de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Esporte; vice-presidente e presidente da Fundação de Turismo do Nordeste.

Carlos Eduardo Cintra da Costa Pereira nasceu em 1940, no Recife. Era advogado, formado pela Faculdade de Direito de Pernambuco em 1967. Também se formou em Desenvolvimento Econômico, pela universidade de Harvard (EUA), em 1966.

Ascom Lid./PDT com Agência Câmara de Notícias