Projeto suspende prestações de financiamento de táxis durante pandemia

Projeto suspende prestações de financiamento de táxis durante pandemia

O Projeto de Lei 1721/20, de autoria do deputado Dagoberto Nogueira (PDT-MS), suspende a cobrança de prestações de financiamentos de veículos contratados por taxistas por meio do FAT Taxista, enquanto durar no Brasil o estado de calamidade pública decorrente da pandemia de Covid-19.

Pelo texto, também assinado pela deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC), os valores suspensos serão acrescidos em prestações ao final do contrato, sem juros ou mora.

Os deputados argumentam que os taxistas brasileiros enfrentam dificuldades financeiras em razão das medidas de combate à Covid-19, como o isolamento social, e da consequente diminuição do número de corridas.

“Esses chefes de família encontram-se sem renda, sem saída para sustentar suas famílias. Será fundamental que o setor financeiro dê sua contribuição, deixando de cobrar dívidas vencidas dos financiamentos do FAT Taxista”, justificam.

Ascom Lid./PDT com Agência Câmara de Notícias