Presidente Lula sanciona parte da lei do novo marco legal de agrotóxicos

Presidente Lula sanciona parte da lei do novo marco legal de agrotóxicos

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, sancionou com vetos, o Projeto de Lei 1.459/22 que, entre outras coisas, trata sobre o controle, inspeção e fiscalização de agrotóxicos, produtos de controle ambiental, seus produtos técnicos e afins.

A Lei 14.785/23 dispõe sobre a pesquisa, a experimentação, a produção, a embalagem, a rotulagem, o transporte, o armazenamento, a comercialização, a utilização, a importação, a exportação, o destino final dos resíduos e das embalagens, o registro, a classificação, o controle, a inspeção e a fiscalização de agrotóxicos, de produtos de controle ambiental, de seus produtos técnicos e afins; revoga as Leis nºs 7.802, de 11 de julho de 1989, e 9.974, de 6 de junho de 2000, e partes de anexos das Leis nºs 6.938, de 31 de agosto de 1981, e 9.782, de 26 de janeiro de 1999.

A legislação dá ampla tratativa quanto aos procedimentos de registro, competências de órgãos envolvidos, comercialização, embalagens e rótulos de produtos, controle de qualidade, além da tipificação de condutas que são penalmente relevantes. Dispõe ainda sobre a pesquisa, a experimentação, a produção, o transporte, o armazenamento, a utilização, a importação, a exportação e o destino final dos resíduos e das embalagens.

Os cortes impostos pelo presidente da República ainda vão ser analisados, em sessão conjunta, pelos Congresso Nacional.

Justificativas dos vetos apresentados pelo Executivo Federal.

Ascom Lid./PDT