Max Lemos critica ausência do presidente da Enel em audiência na Câmara

Max Lemos critica ausência do presidente da Enel em audiência na Câmara

O deputado pedetista Max Lemos (RJ) criticou a ausência do presidente da Enel Brasil, Nicolas Cotugno, na audiência agendada para quarta-feira (22) na Câmara. O tema seria a queda de energia elétrica ocorrido no início de novembro em municípios paulistas atendidos pela Enel São Paulo.

Nicolas Cotugno havia sido convidado pelas comissões de Minas e Energia; e de Defesa do Consumidor para prestar esclarecimentos sobre a demora no reestabelecimento do serviço. Novo pedido foi feito e a data ainda será decidida pelo colegiado.

Max Lemos criticou a Enel e alegou que a concessionária presta um “desserviço” à população. Segundo ele, no Estado do Rio de Janeiro, dos 66 municípios atendidos pela Enel, 34 ficaram sem energia nos últimos 15 dias, “cidades grandes como Niterói e São Gonçalo”, destacou.

 “No início do meu mandato, nesta Casa, eu já havia denunciado o despreparo da concessionária. Por isso, em março deste ano propus a instalação de uma CPI que está em fase de coleta de assinaturas, para apurar a atuação da Enel”, salientou.

Ascom Lid./PDT