Flávia Morais propõe “Lei Marília Mendonça” para reconhecimento de música caipira e sertaneja como manifestação da cultura nacional

Flávia Morais propõe “Lei Marília Mendonça” para reconhecimento de música caipira e sertaneja como manifestação da cultura nacional

Deputada Flávia Morais (PDT-GO)

No Brasil, a música caipira e sertaneja tem desempenhado um papel importante na construção da identidade cultural do País, refletindo a vida no campo, a lida com o gado, as histórias de amor e as paisagens rurais. Tendo isso em mente, a deputada Flávia Morais (PDT-GO) apresentou à Câmara dos Deputados projeto de lei (PL 5808/23) que reconhece esse estilo musical como manifestação da cultura nacional, e determina que o poder público incentivará o ensino de viola caipira, como meio de preservação da memória desse tipo de manifestação artística.

De acordo com o texto da proposta, a nova lei, se aprovada, terá nome de “Lei Marília Mendonça”, em homenagem à cantora goiana falecida em novembro de 2021, como reconhecimento do importante papel desempenhado por essa artista na promoção da música caipira e sertaneja ao longo de sua carreira.

Para autora da proposição, a tradição musical representada por tal estilo musical é um elemento significativo do patrimônio cultural brasileiro, e merece o devido reconhecimento e preservação.

“A aprovação do Projeto de ‘Lei Marília Mendonça’ é essencial para garantir o reconhecimento e a preservação da música caipira e sertaneja como parte integrante da cultura nacional, assegurando que essa tradição musical continue a enriquecer a diversidade cultural do Brasil”, defende Flávia Morais.

Ascom Lid. / PDT