Fiscalização dos transportes de cargas pela PRF será tema de debate

Fiscalização dos transportes de cargas pela PRF será tema de debate

A Comissão de Viação e Transporte vai realizar um debate  sobre a situação atual da fiscalização de transporte de cargas minerais, agrícolas e perigosas nas rodovias brasileiras. O pedido, feito pelo deputado Ronaldo Lessa (PDT-AL), foi aprovado nesta quarta-feira (27/09).

Segundo Lessa, dados da Polícia Rodoviária registraram, em 2016, 20.994 acidentes graves nas rodovias federais do país, contra 21.854 ocorrências em 2015. Ao todo foram 21.439 feridos graves e 6.405 mortos em decorrência desses acidentes. Dados da própria PRF demonstraram uma redução de 4,8% no número de feridos graves de 2016 em relação ao ano de 2015. “Em 2017, até o momento, houve um aumento no número de acidentes, causados principalmente por transporte de cargas”.

O deputado citou a tragédia ocorrida na BR 101, no Sul do Espírito Santos, que vitimou quarenta e quatro pessoas, sendo que vinte e seis dessas foram a óbito. “Tais acidentes, nos faz questionar sobre os meios e os modos de fiscalização desses veículos de cargas nas rodovias nacionais. Esses pontos merecem ser discutidos e se for o caso, corrigidos por meio de legislação”, observou.

Para o encontro foram convidados Elmer Coelho Vicenzi, diretor do DENATRAN; Valter Casimiro Silveira, diretor-geral do DNIT; Enio Bergoli; Rogério Cunha, presidente da Associação de Transporte Rodoviário do BRASIL; Leonardo Almeida Zenóbio, presidente da Associação Nacional dos usuários de Transporte de Carga; Renato Antônio Borges Dias, presidente da PRF; Tales Pena Machado, presidente Sindi Rochas do Espirito Santo.

Ascom Lid./PDT