Eduardo Bismarck cita as carências do Ceará ao Ministro Paulo Guedes

Eduardo Bismarck cita as carências do Ceará ao Ministro Paulo Guedes

O deputado Eduardo Bismarck (PDT-CE) participou, nesta quarta-feira (3), de uma audiência pública realizada na Comissão de na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara, que debateu com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, a Proposta de Emenda à Constituição que trata da Reforma da Previdência (PEC 6/19).

Eduardo Bismarck, membro titular da Comissão, citou que o PDT está trabalhando para apresentar uma proposta para o Brasil. “Nós queremos participar ativamente do debate desta reforma e estamos trabalhando para apresentar uma proposta que seja boa para o país e que não prejudique os menos favorecidos”, afirmou.

O pedetista também pediu transparência da parte do Governo na questão dos números apresentados e que fossem mantidos os direitos conquistados. “Não é o direito de quem já se aposentou, é o direito de quem já está trabalhando e caminhando para uma regra de aposentadoria e será prejudicado com essa nova regra que foi proposta”.

Eduardo Bismarck concluiu seu discurso citando as carências do Ceará. “No meu Nordeste as carências são muito grandes. Lá, a média de idade é muito menor e nós temos uma dificuldade de atingir essa idade. Isso tudo porque nós não temos o cálculo do risco correto no Brasil das aposentadorias. É esse um dos grandes problemas da reforma para mim”, concluiu.

O parlamentar acredita que é preciso, sim, reformar a previdência, mas de uma maneira que não retire os direitos adquiridos, principalmente dos mais pobres e menos favorecidos.

Ascom Lid./PDT com assessoria do deputado