Comissão debate em Uberaba a unificação das polícias

Comissão debate em Uberaba a unificação das polícias

A Comissão Especial da Unificação das Polícias Civis e Militares da Câmara dos Deputados promove um seminário, nesta sexta–feira (12/08), em Uberaba (MG), para discutir a viabilidade da fusão das corporações e suas consequências.

A Polícia Civil e a Polícia Militar são ligadas aos governos estaduais, mas com missões diferentes. A Constituição determina que a Civil deve atuar na repressão e na investigação de crimes. Já a Militar, na prevenção da criminalidade e na preservação da ordem pública. A unificação enfrenta resistência das duas carreiras.

O coordenador da comissão, deputado Subtenente Gonzaga (PDT-MG), é contra a unificação e favorável ao ciclo completo de polícia. “No mundo, o que se pratica em todos os países, com exceção do Brasil, é um modelo em que uma polícia faz todos os atos, ou seja, pode investigar, autuar, oferecer ao Ministério Público e ao Judiciário o seu trabalho”, justifica.

Ascom Lid./PDT