Comissão aprova adequação de profissionais de educação física em academias

Comissão aprova adequação de profissionais de educação física em academias

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público aprovou, nesta quarta-feira (10/05), relatório da deputada Flávia Morais (PDT-GO) ao Projeto de Lei 7500/10, que permite ao Conselho Federal de Educação Física criar normas sobre a quantidade de profissionais necessários em relação ao número de alunos em academias.

Flávia Morais acatou o substitutivo da Comissão de Seguridade social e Família que atribuiu à Lei 9.698, de 1998, que cria os conselhos regionais e federais de Educação Física, o direito de criar as normas sobre o número de profissionais . Ainda pelo texto, a decisão deverá ser tomada em conjunto com representantes dos empregadores ou de clientes desses serviços.acrescentou a atribuição de normatizar o número de profissionais

Para Flávia Morais, atualmente, com uma sensível e saudável evolução, a sociedade brasileira está preocupada com o próprio bem-estar.  Segundo ela, “as tensões da vida moderna e a evolução do conhecimento humano constatam que pessoas sedentárias apresentam, na prática, um comportamento autodestrutivo, razão pela qual se verifica a valorização dos profissionais encarregados de supervisionar e dimensionar a prática de esportes e outras atividades físicas”, relatou a deputada.

Ascom Lid./PDT