Com emenda de Túlio Gadêlha, Câmara aprova PL que amplia alcance da renda emergencial

Com emenda de Túlio Gadêlha, Câmara aprova PL que amplia alcance da renda emergencial

Emenda inclui cuidadores, babás e artesãos entre as categorias aptas a receber auxílio

Juntamente com o projeto que amplia o número de categorias de trabalhadores informais com direito ao auxílio emergencial (PL 873/20) a Câmara aprovou, nesta quinta-feira (16), emenda do pedetista Túlio Gadêlha (PE) que inclui entre os beneficiários cuidadores, babás e artesãos. “Em virtude do surto de Covid-19  muitos cuidadores e babás tiveram de se afastar de seus afazeres e não podem ser deixados sem apoio e sem essa renda”, defende o deputado.

De acordo Túlio Gadêlha, dados do Ministério do Trabalho mostram que 34 mil pessoas trabalham como cuidadores no Brasil. Já segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE aponta, segundo afirma, 153 mil trabalhadores domésticos, grupo em que a profissão de babá se enquadra, e 8,5 mil artesãos no país.

O PL do Senado promove mudanças na Lei nº 13.982, de 2 de abril de 2020, expandindo o alcance do auxílio emergencial de R$ 600 a ser pago a trabalhadores informais de baixa renda durante a pandemia.

Ascom Lid. PDT com ass. do deputado