CCJ aprova plano de saúde para servidores da extinta SUCAM

CCJ aprova plano de saúde para servidores da extinta SUCAM

Aprovado na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara, nesta quarta-feira (20), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 101/19, de coautoria do pedetista Pompeo de Mattos (RS), que concede plano de saúde aos servidores da extinta Superintendência de Campanhas de Saúde Pública – SUCAM, que manusearam o inseticida Dicloro Difenil-Tricloroetano – DDT.

dicloro-difenil-tricloroetano serve para eliminar insetos e combater as doenças emitidas por eles como a Malária, Tifo e Febre amarela. Era usado também por fazendeiros para controlar pestes agrícolas.

Para Pompeo de Mattos, a proposta faz justiça aos servidores da extinta Sucam, também conhecidos pela população como os ‘mata mosquitos’. “É justo que sejam reparados esses trabalhadores que se expuseram ao inseticida e salvaram nossas vidas. Agora, o governo federal precisa ajuda-los com o plano de saúde para que eles tenham mais qualidade de vida”, justificou o deputado.

Aprovado na comissão, agora será constituída uma comissão especial para dar parecer à proposta.

Ascom Lid./PDT