Câmara aprova data em homenagem ao primeiro núcleo da imigração italiana no País

Câmara aprova data em homenagem ao primeiro núcleo da imigração italiana no País

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara aprovou, nesta terça-feira (31), o Projeto de Lei 2619/15, do deputado Sergio Vidigal (PDT-ES), que inclui no calendário oficial brasileiro o dia 26 de junho como a data do reconhecimento do município capixaba de Santa Teresa como pioneiro da imigração italiana no País.

A data relembra o dia no qual, em 1875, cerca de 60 famílias de imigrantes italianos foram contempladas com lotes territoriais no Espírito Santo, na região onde hoje se situa Santa Teresa, dando origem ao primeiro núcleo da colonização italiana no Brasil.

Como tramita em caráter conclusivo, a proposta poderá ser remetida diretamente para o Senado, exceto se houver recurso para que o Plenário da Câmara também analise o texto.

O autor da proposta destaca que 90% da população de Santa Teresa são de descendentes italianos das regiões do Veneto, Lombardia e de Trento, todas situadas no norte da nação europeia. A presença estrangeira acabou beneficiando a região capixaba, que hoje tem no turismo histórico uma das suas fontes de renda. “É importante registrar as inúmeras contribuições italianas à cultura brasileira. Podemos citar as novas técnicas agrícolas e a influência da gastronomia, constituindo um diferencial para o País como um todo”, disse Sergio Vidigal.

 

Ascom Lid/PDT com Agência Câmara