Vidigal propõe o “Março Vermelho” para conscientização de doenças infecciosas

Vidigal propõe o “Março Vermelho” para conscientização de doenças infecciosas

A Câmara analisa o Projeto de Lei 3755/20 que institui a campanha Março Vermelho, para conscientizar a população sobre a prevenção do contágio de doenças infectocontagiosas.

De acordo com o deputado pedetista Sergio Vidigal (ES), autor da proposta, o Ministério da Saúde registrou no dia 12 de março deste ano, a primeira morte causada pelo novo coronavírus no Brasil. Isso levou o parlamentar a apresentar a proposta criando a campanha de conscientização das doenças infectocontagiosas, que provocam a morte imediata da maioria de quem contrai a Covid-19.

“O objetivo da iniciativa é fazer com que o mês de março se torne referência nacional para ações informativas e educativas, a exemplo das campanhas já existentes e exitosas no Brasil, como o Outubro Rosa e o Novembro Azul.
Queremos conscientizar a população sobre a prevenção do contágio de doenças infectocontagiosas” comentou o parlamentar, que também é médico.

A proposta também determina que seja feita homenagem aos profissionais da saúde que, mesmo diante de todos os riscos, têm atuado na linha de frente ao combate à pandemia causada pela covid-19.

Doenças infecciosas

A lista de doenças infecciosas com alta incidência no Brasil é grande: Aids, hanseníase, hepatite C, malária, sífilis, etc. Para muitas delas existem vacinas, mas uma parte significativa não conta com proteção, apenas medidas paliativas de prevenção, como a dengue, zika ou a atual Covid-19, causada pelo vírus Sars-Cov2.

“É muito importante que a população tenha acesso a informações adequadas para se proteger com atitudes simples e eficientes, a fim de evitar contágio”, afirma Sergio Vidigal.

Ascom Lid./PDT com assessoria do deputado