Projetos de Pompeo de Mattos destinam verbas para combater o coronavírus

Projetos de Pompeo de Mattos destinam verbas para combater o coronavírus

O pedetista Pompeo de Mattos (RS) apresentou dois projetos com o objetivo de conseguir recursos para combater a pandemia de coronavírus. Um deles destina as verbas de mais de R$ 2 bilhões do fundo eleitoral ao Ministério da Saúde (PL 1002/20) e o outro cria contribuição extraordinária de 30% sobre os subsídios mensais de parlamentares em exercício (PL 982/20). A cobrança ocorreria pelo período de quatro meses.

Quanto aos recursos do fundo eleitoral, Pompeo defende que, caso as eleições de 2020 aconteçam, para que não fiquem recursos, “o Congresso pode analisar o Projeto de Lei 6594/19”. De autoria do parlamentar, a proposta institui o Fundo Soberano da Democracia (FSD). O fundo seria formado por recursos públicos e doações de pessoas físicas e jurídicas, que, dessa forma, não se destinariam mais diretamente a determinado candidato ou partido político, explica.

Já as contribuições de parlamentares, segundo o deputado, “têm importância simbólica. Em sua opinião, com elas, deputados e senadores “poderão se doar para esta causa que é de todo o país, de proteger os mais pobres e desassistidos”.