Oposição aciona justiça para investigar denúncias de servidores do INEP

Oposição aciona justiça para investigar denúncias de servidores do INEP

PDT e demais partidos de oposição na Câmara dos Deputados protocolaram na terça-feira (16/11) no Tribunal de Contas da União, Ministério Público Federal e Ministério Público do Trabalho, requerimentos para investigar denúncias feitas por 37 servidores do Instituto Nacional de Estudo e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Os servidores pediram exoneração do cargo e alegaram interferência do governo Bolsonaro na elaboração do Enem para evitar questões que incomodem o governo.

Em entrevista coletiva, o deputado Paulo Ramos (PDT-RJ) afirmou que se os servidores do INEP não fossem concursados o assédio seria muito maior. Ele defendeu a vinda do ministro da Educação à Casa para esclarecer o grau de influência política nas provas depois de Bolsonaro afirmar que o Enem começa a ter a “cara do governo”. 

No requerimento endereçado ao TCU, os parlamentares também pediram o afastamento de Danilo Dupas do cargo de presidente do Inep.

Ascom Lid./PDT com assessoria do deputado Paulo Ramos