Leo Prates solicita informações sobre relação entre o ministério da Saúde e operadoras de planos de saúde

Leo Prates solicita informações sobre relação entre o ministério da Saúde e operadoras de planos de saúde

Críticas a operadoras de planos de saúde sobre o atendimento de especialistas a crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA) provocaram o deputado Leo Prates (PDT-BA), que enviou um Requerimento de Informação (RIC 1627/24) à ministra da Saúde, Nísia Trindade, acerca da operadora Promédica.

Segundo o deputado, inúmeras denúncias foram feitas pelo não atendimento de especialistas nas clínicas especializadas para o tratamento de crianças com TEA, por não serem ressarcidos pelo plano de saúde Promédica uma das maiores do Norte e Nordeste do país.

Leo Prates ressalta que o objetivo do expediente é para obter mais informações sobre como o Governo encara a questão, como trata com essas operadoras, se está ciente do que ocorre nas mais diversas regiões do país e o que pretende fazer para melhorar o atendimento aos beneficiários e às empresas clientes atendidas pelas as ações desenvolvidas por essas operadoras, em especial pela Promédica.

O deputado é presidente da subcomissão que irá analisar os cancelamentos de planos de saúde privados, que têm afetado também pessoas com deficiências e portadores de doenças raras.

Tramitação: Aguardando resposta do Ministério da Saúde

Ascom Lid./PDT