Leila do Vôlei é pré-candidata ao governo do Distrito Federal

Leila do Vôlei é pré-candidata ao governo do Distrito Federal

“Nós não estamos aqui para brincar, nós estamos aqui para fazer história”, afirmou Lupi, ao lado de Ciro Gomes

“Vencedora de desafios”. Essa foi uma das definições do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, dirigidas à senadora Leila Barros, a Leila do Vôlei, no lançamento de sua pré-candidatura ao governo do Distrito Federal pela legenda. “É uma honra tê-la abraçando a nossa bandeira do Trabalhismo, que já vai aí completando 80 anos”, destacou Lupi em sua fala, na abertura do ato realizado nesta segunda-feira (18), na sede nacional do PDT em Brasília.

Prestigiado pelo pré-candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, que veio à Capital exclusivamente para prestar o seu apoio à ex-campeã olímpica, o evento também teve a presença de várias lideranças políticas, dentre elas o deputado federal Leônidas Cristino (PDT-CE), o senador Jorge Kajuru (Podemos) e o deputado federal Professor Israel (PV).

“Nós não estamos aqui para brincar, nós estamos aqui para fazer história. E nós queremos mudanças profundas dessa visão machista que impera no Distrito Federal. Uma visão discriminadora, uma visão de poder pelo poder. Nós queremos o poder para transformar. Nós queremos o poder, para leva-lo à periferia. Nós queremos o poder para realmente fazer as transformações que o nosso povo tanto necessita”, afirmou Lupi.

Na mesma linha de Lupi, Ciro ressaltou as reconhecidas qualidades de disciplina e liderança da ex-atleta olímpica, que também têm marcado a sua trajetória e atuação política, e que serão fundamentais para os novos desafios que ela abraçou na legenda trabalhista. O pedetista também mencionou o fato de que, por ser de origem humilde e filha de imigrantes nordestinos, Leila, além de sua atuação parlamentar, conhece profundamente a realidade da população mais necessitada do País.

“Eu vim expressar a imensa alegria, o imenso conforto que eu tenho de, nesse momento, carregando a bandeira do Trabalhismo, em condições hostis, difíceis, em que pesam aqueles que são, todos os dias, bombardeados pela descrença, pelo inconformismo, pela manipulação de um sistema ultrapoderoso, que quer confinar a discussão do debate de ideias”, pontou Ciro.

Ao trazer mais um balanço atualizado do dramático panorama do Brasil, com destaque para o assombroso dado de que, pela primeira vez, em 120 anos, a economia do País não ter crescido um único percentual há dez anos, o presidenciável ratificou que a candidatura de Leila ao Governo do DF representa mais um importante passo do PDT na luta contra o triste cenário da nação, marcado pelos sucessivos escândalos de corrupção na esfera do governo federal.

“É isso, Leila, o que nós precisamos mudar, sem medo de cara feira, sem medo de polarizações estéreis. Vamos botar o dedo nessa feria. E eu, Leila, quero andar com você aqui, no Plano Piloto, e onde for necessário. Mas eu quero ainda andar livre nas ruas sem calçamento, com lama na porta, para falar aos brasileiros pobres. Rebelião! Vamos acordar, Brasil! É hora de lutar”, reverberou Ciro.

Visivelmente emocionada pelas falas unanimes acerca de sua trajetória de luta e de vitórias, dentro e fora das quadras, em especial a de seu marido, o também ex-atleta e campeão olímpico, Emanuel Rego, Leila afirmou com veemência que a sua disputa pelo governo distrital terá a sua principal marca, a determinação.

“Essa luta eu vou enfrentar com muita forma, eu tenho alma valente. Eu tenho alma combativa. Eu nasci Leila Gomes de Barros, me tornei Leila Gomes de Barros Rego. Fui para o mundo e me tornei a Leila do Vôlei. Tornei-me secretária de Esportes. Fui a primeira filha, a primeira neta de uma família nordestina. Fui a primeira mulher secretária, fui a primeira geração medalhista, fui a primeira mulher senadora, e porque não, sim, a primeira governadora?”, disse.

A pré-candidata do PDT foi categórica ao afirmar ainda, que a sua habilidade de dialogar, de respeitar as diferenças e saber o ouvir, foi a sua principal característica que a ajudou se tornar uma líder de referência no esporte e em sua atuação política, e certamente a ajudará, caso seja eleita governadora do DF.

“Eu nasci uma atleta e me realizei como atleta. Hoje, como uma parlamentar, como uma pré-candidata ao governo do Distrito Federal, eu quero dizer a vocês que eu quero sim, ajudar a mudar a minha cidade, e com muita determinação, e muito trabalho, e com ajuda de todos vocês, porque não nos tornamos vitoriosos sozinhos”, asseverou.

Ascom Lid./PDT com PDT Nacional