Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência Social Pública é relançada com André Figueiredo como coordenador

Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência Social Pública é relançada com André Figueiredo como coordenador

Com a presença do ministro da Previdência, Carlos Lupi, foi relançada, nesta quarta (8), a Frente Parlamentar Mista em Defesa da Previdência Social Pública.

O colegiado, que tem o líder do PDT, deputado André Figueiredo (PDT-CE), como coordenador, tem como objetivo ampliar o debate sobre o sistema de seguridade social brasileiro e buscar construir estratégias para preservar os direitos essenciais aos trabalhadores e segurados da Previdência Social pública do País, buscando, inclusive, a revisitação de pontos nefastos que foram aprovados na reforma da Previdência do governo Bolsonaro.

“Nós temos a missão, Poder Executivo e Poder Legislativo, de rever pontos que foram absolutamente maléficos, maldosos para as pessoas que mais precisam”, asseverou André Figueiredo. O parlamentar também pontuou sobre a vantagem de se poder contar, nessa luta, “com um presidente da República que entende a importância do serviço público e, junto com o ministro Lupi, está compromissado com o fortalecimento da Previdência Social”.

Carlos Lupi, por sua vez, destacou a importância da Previdência Social, tanto na vida das pessoas como na economia do país. “Mensalmente, são pagos mais de 38 milhões de benefícios, com o investimento de R$ 30 bilhões. E isso é investimento, não é despesa. É o pagamento de um salário para o cidadão viver com dignidade. Isso não é um favor, é uma obrigação do Estado com o segurado que contribuiu para a Previdência Social a vida toda”.

A Frente Parlamentar conta com apoio de 186 deputados e 22 senadores.

Ascom Lid. / PDT