Eduardo Bismarck explica retorno das atividades presenciais na Câmara

Eduardo Bismarck explica retorno das atividades presenciais na Câmara


Após o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), anunciar nesta terça-feira (19), que as atividades presenciais na Casa serão retomadas a partir da próxima segunda-feira (25), o deputado pedetista Eduardo Bismarck (CE), primeiro suplente da Mesa Diretora da Câmara, explicou ao “G1 Política” como vai funcionar o retorno aos trabalhos
Segundo o deputado Bismarck, as regras constarão em ato baixado pelo presidente da Casa e vai obedecer os seguintes itens:
• será mantida assinatura eletrônica, com presença física na casa através dos totens ou biometrias dos gabinetes ou plenário;
• nas votações de mérito, será exigida presença no plenário;
• a carteira de vacinação de cada deputado deverá ser enviada à primeira secretaria;
• quem tiver comorbidade poderá fazer requerimento para continuar remoto e continuará votando pelo Infoleg.
Ainda de acordo com o deputado, não foi discutido barrar parlamentares no plenário por falta de vacina e a questão será resolvida caso o problema surja
Ascom Lid./PDT com G1 Política.