Damião Feliciano participa de missão oficial à China

Damião Feliciano participa de missão oficial à China

O deputado Damião Feliciano (PDT-PB) participou, em Janeiro, de uma missão oficial à China, realizada pelo Grupo Parlamentar Brasil-China e pela Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados. A missão consistiu num intercâmbio de informações entre os parlamentares brasileiros e chineses, fortalecimento de parceria entre os dois países e na análise dos modelos chineses de logística e tecnologia. “Somos duas grandes nações, que a cada ano mostram o seu poder perante a economia mundial. Somos dois países que almejam a grandeza, tanto econômica, quanto social. Acredito que esses conhecimentos trarão muitos bons frutos ao Brasil. Estamos aqui para encurtar as distâncias”, comentou Feliciano.

Os parlamentares foram recebidos pelo embaixador do Brasil na China, Marcos Caramuru de Paiva, pelo vice-presidente da Comissão de Assuntos Jurídicos e vice- presidente do grupo de amizade China-Brasil do Congresso Nacional, Xu Xianmin, e pelo vice-presidente da Administração Nacional de Turismo da China (CNTA), Du Jiang, que classificou o Brasil como um país interessante e afirmou que o intercâmbio entre os países deve ser estimulado.

Damião Feliciano visitou um dos responsáveis pelo funcionamento do trem- bala na China, o presidente da China Railway International Corporation, Yang Zhogmin, onde pôde conhecer o funcionamento do trem-bala chinês. O pedetista  também visitou em Shangai e Shenzhen indústrias e empresas nos ramos de energia solar e eólica, como a Shanghai Eletric Lingang Heavy Machinery Co.,Ltd., que gera energia nuclear, termoelétrica, eólica e solar.
A vice-governadora da Paraíba, Ana Ligia Feliciano, também fez parte da missão, convidada pelo Governo Chinês e pelo Grupo Parlamentar Brasil-China, avaliou positivamente o investimento em fontes alternativas de energia como a eólica: “É um grande empreendimento que é feito a partir de uma parceria entre o governo chinês e capital privado. Fizemos a visita à sede e fomos apresentados à linha de produção, onde conhecemos toda engenharia e processo de fabricação das turbinas de energia nuclear e eólica. E apresentamos o projeto e as potencialidades da Paraíba em energia eólica e solar precisamos captar as empresas especializadas no assunto. Essa é uma forma sustentável, de uma fonte totalmente renovável, de se produzir energia limpa.”

Em Hong Kong os parlamentares conheceram a técnica chinês de captação de água do mar para uso doméstico e industrial. O Diretor assistente do Departamento, Ir Chau Sai Wai, explicou que, do total da água utilizada na cidade, 22% vêm de reuso do mar, uma forma sustentável de contornar o problema da falta de recursos hídricos. Hong Kong, assim como os estados nordestinos, sofre com a falta de recursos hídricos: a maior parte da água é trazida, por meio de tubulações, de uma cidade vizinha e um percentual mínimo vem da chuva. “A população não paga taxa pela água captada do mar, que é usada nos vasos sanitários e indústrias. Visitamos todo o sistema que é relativamente simples: ele faz a captação, uma filtragem e apenas um tratamento químico básico para matar as bactérias. Então a água é canalizada, num sistema independente, que vai servir para os vasos sanitários. 88% dos domicílios e empresas utilizam esse sistema”, explicou Damião.

A última cidade visitada pelos parlamentares foi Macau (apelidada de “Las Vegas da Ásia”), onde a delegação aprofundou os conhecimentos sobre a exploração do turismo e dos jogos de azar, principais setores da economia da cidade. Para Damião Feliciano, “essa missão oficial foi muito enriquecedora, pois adquirimos conhecimento com o intercâmbio entre os parlamentares dos dois países, e também aprendemos ainda mais sobre a engenharia e a tecnologia da China”.