Comissão de Trabalho debate o sistema “S”

Comissão de Trabalho debate o sistema “S”

A pedido do deputado pedetista Paulo Ramos (RJ), a Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público realiza, na terça-feira (8), debate sobre o chamado sistema “S”, entidades patronais voltadas a treinamento profissional, assistência social, consultoria, pesquisa e assistência técnica. “Os serviços de aprendizagem são importantes aliados do desenvolvimento do país, no esforço para melhorar a qualidade da educação e elevar a escolaridade dos brasileiros”, argumenta Paulo Ramos.

Ainda de acordo com o parlamentar, é importante discutir a contribuição do sistema devido “aos constantes ataques que vem sofrendo com ameaças de cortes de receita”. O sistema S é composto por entidades privadas e administrado por federações e confederações patronais. O financiamento do das atividades provém de contribuições sociais e tributos pagos pelas empregas e de recursos públicos.

Nove entidades compõem o sistema, todas com nome iniciado pela letra “S” – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai); Serviço Social do Comércio (Sesc); Serviço Social da Indústria (Sesi); Serviço Nacional de Aprendizagem do Comércio (Senac) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Existem ainda os seguintes: Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar); Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop); Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Senat) e Serviço Social de Transporte (Sest).

Convidados

– diretor de Operações do Senai, Gustavo Leal Sales Filho;

– vice-presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, (CNC), Luiz Carlos Bohn;

– gerente geral do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop), Karla Tadeu Duarte de Oliveira;

– diretora executiva nacional do Sest/Senat, Nicole Goulart;

– presidente da Confederação Nacional da Tecnologia da Informação e Comunicação (Contic), Edgar Serrano;

– presidente da Federação Nacional das Operações Portuárias (Fenop), Sérgio Aquino;

– representante da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

A audiência ocorre no Plenário 12, às 14 horas.