Aprovado parecer da Enfermeira Ana Paula que garante às usuárias do SUS o implante de contraceptivo

Aprovado parecer da Enfermeira Ana Paula que garante às usuárias do SUS o implante de contraceptivo

Relatado pela deputada Enfermeira Ana Paula (PDT-CE), a Comissão de Defesa dos Direitos da Mulher aprovou, nesta quarta-feira (13), o Projeto de Lei 2107/23, que garante às usuárias do Sistema Único de Saúde o implante subdérmico de etonogestrel, para a prevenção de gravidez não planejada.

O texto deixa claro que as mulheres que não se adaptaram aos métodos contraceptivos existentes, o procedimento proposto permite que aquelas que aderirem a esse recurso tornem-se responsáveis pelo planejamento familiar por meio de um contraceptivo de longa duração, com baixos índices de falha e boa aceitação.

Enfermeira Ana Paula destaca que enfermeiras e enfermeiros do Brasil tem autorização para aplicar o implante, tanto no setor público quanto no privado. Segundo ela, essa é uma política pública de grande relevância que dá autonomia às mulheres.

Ela esclareceu que o implante libera, gradativamente, uma pequena quantidade de hormônio na corrente sanguínea, necessária para a contracepção das mulheres, que assim desejarem.

Ascom Lid./PDT