Sancionada Lei que inscreve Abdias do Nascimento no Livro dos Heróis e das Heroínas da Pátria

Sancionada Lei que inscreve Abdias do Nascimento no Livro dos Heróis e das Heroínas da Pátria

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, sancionou a Lei 14.800/24, que inscreve o nome de Abdias do Nascimento no Livro dos Heróis e das Heroínas da Pátria. O texto foi publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira (9).

O Livro dos Heróis e das Heroínas da Pátria destaca pessoas ou grupos que tenham oferecido a vida em defesa e construção do País com dedicação e heroísmo. Está guardado no Panteão da Pátria e da Liberdade Tancredo Neves, em Brasília.

Poeta, ator, escritor, dramaturgo, artista plástico, professor universitário, político e ativista dos direitos das populações negras, Abdias do Nascimento morreu em 2011, aos 97 anos, em consequência de pneumonia e problemas cardíacos.

Abdias participou ativamente da vida política do País. Com a ajuda de Dom Paulo Evaristo Arns, foi responsável pela criação do Instituto de Pesquisas e Estudos AfroBrasileiros, na PUC de São Paulo, e pela organização do Terceiro Congresso de Cultura Negra das Américas. Em 1983, criou a Revista Afrodiáspora, órgão de divulgação das atividades, dos problemas e das aspirações dos afrodescendentes nas Américas. Criou ainda o Movimento Negro Unificado.

Em 1982, foi eleito deputado federal pelo Rio de Janeiro, sob a bandeira da luta contra o racismo. Era a primeira vez na história do Brasil que um afrodescendente assumia esse cargo com as bandeiras da luta do movimento negro. Foi o primeiro deputado federal do País a desenvolver propostas de políticas afirmativas, como o projeto de lei para tipificar o racismo como crime de lesa-humanidade e oficializar o 20 de novembro no Dia Nacional da Consciência Negra . Na década de 1990, chega ao Senado. Como suplente do antropólogo Darcy Ribeiro no Senado, assumiu a cadeira entre 1991 e 1992 e de 1997 a 1999. Como senador, apresentou projetos que previam a criação de cotas raciais, a mudança dos currículos escolares, o endurecimento da legislação contra o racismo.

Além de poeta, teatrólogo e artista plástico, Abdias Nascimento destacou-se como cientista social e como autor de trabalhos que tratam da temática afro-brasileira, considerados referência nesse campo de estudos. Como artista plástico, realizou diversas exposições em museus, universidades e centros culturais brasileiros.

Ascom Lid./PDT com Agência Câmara de Notícias