Projeto declara Paul Israel Singer “Patrono Brasileiro da Economia Solidária”

Projeto declara Paul Israel Singer “Patrono Brasileiro da Economia Solidária”

Chico_1

O deputado Chico D´Angelo (PDT-RJ) apresentou proposta (PL  10053/18) que declara o austríaco, naturalizado brasileiro, Paul Israel Singer “Patrono Brasileiro da Economia Solidária”.

Nascido em Viena, Áustria, em 24 de março de 1932, Paul Singer obteve cidadania brasileira em 1951. De família judaica radicada no Brasil desde 1940, Singer estudou Economia na Universidade de São Paulo. Em 1960, inicia sua atividade docente na USP, como professor assistente; em 1966, obteve o grau de doutor em Sociologia com um estudo sobre desenvolvimento econômico e seus desdobramentos territoriais, abordando cinco cidades brasileiras – São Paulo, Belo Horizonte, Blumenau, Porto Alegre e Recife – na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. A tese deu origem ao livro Desenvolvimento Econômico e Evolução Urbana, sob orientação do professor Florestan Fernandes.

Trabalhando com o tema da economia solidária, o professor Paul Singer ajudou a criar a Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares da USP em 1998, quando foi convidado pela CECAE a assumir o cargo de coordenador acadêmico da incubadora. A partir de junho de 2003, Singer passa a ser o titular da Secretaria Nacional de Economia Solidária (SENAES), que implementou, a partir de junho de 2003, no âmbito do Ministério do Trabalho e Emprego.

O economista e sociólogo Paul Singer faleceu em 16 de abril de 2018, aos 86 anos.

Ascom Lid./PDT