Comissão de Educação aprova programa de geração elétrica renovável nas universidades

Comissão de Educação aprova programa de geração elétrica renovável nas universidades

Damião Feliciano (2)

A Comissão de Educação da Câmara aprovou nesta quarta-feira (07/11) o substitutivo do deputado Damião Feliciano (PDT-PB), ao Projeto de Lei  PL 1812/15, que cria o Programa de Geração Distribuída nas Universidades (PGDU), voltado à instalação de sistemas de geração de energia elétrica a partir de fontes renováveis nas universidades brasileiras e entidades a elas vinculadas.

O texto de Damião Feliciano sugere que seja inserido ao programa a difusão da cultura e do conhecimento da eficiência energética e da geração distribuída; a extensão da autonomia energética às instituições abarcadas pelo programa e não somente às universidades federais.

Para o deputado, a geração de energia elétrica, a partir de fontes renováveis, promove o desenvolvimento tecnológico; a capacitação profissional; a autonomia energética das universidades; e o desenvolvimento de mercado para equipamentos e componentes utilizados na geração distribuída de energia elétrica.

“A medida estimula o desenvolvimento tecnológico, a capacitação profissional, a autonomia energética das universidades e o desenvolvimento de mercado para equipamentos utilizados na geração distribuída”, disse Damião Feliciano. “Ademais, as universidades são centros de excelência que abrigam profissionais altamente qualificados, capazes de transferir e disseminar conhecimento para desenvolver a mão de obra especializada.”

Ascom Lid./PDT

Íntegra do relatório